Curitiba mais bela, mais justa

A cidade vai reencontrar os serviços municipais de qualidade na saúde, na educação e no cuidado especial da manutenção municipal

Rafael Greca de Macedo

Este domingo é o primeiro dia do renascimento da nossa cidade, que voltou para respirar por nós e pelos demais. Ser modelo é a nossa missão patriótica. Somos devotos da república brasileira, nossa razão e convicção de que o dia depois do outro deve ser também a alegria depois da outra.

Basta de cenas tristes a nos desafiar. Desafio chama coragem. Coragem chama ação. E ação chama trabalho. Fé no trabalho que tudo vence. E boas mãos à obra de nossas vidas. Voltou a boa nova. Curitiba está de novo rumo ao ciclo de conquistas e referências curitibanas para o Brasil.

A cidade vai reencontrar os serviços municipais de qualidade na saúde, na educação e no cuidado especial da manutenção municipal. O amor, que tudo supera, vai tomar conta de Curitiba, resgatando também o orgulho por nossa terra, que estava perdido. O respeito está de volta.

Com muito trabalho e dedicação, Curitiba voltará a brilhar, refletindo a beleza da luz dos pinhais. A prefeitura que não dorme e que cuida de seus cidadãos estará cada vez mais perto das pessoas. Em cada serviço, em cada atendimento, em cada equipamento público estará a qualidade como referência.

A criatividade e inovação serão os instrumentos para enfrentar as dificuldades e restaurar a qualidade dos serviços, como o da saúde. Uma parceria com o governo estadual será anunciada logo nas primeiras horas para melhorar os atendimentos nas unidades de saúde e nas unidades de pronto-atendimento (UPA). Já fomos buscar recursos em Brasília, que virão da Caixa Econômica, para ajudar a melhorar os atendimentos hospitalares.

Outra prioridade é limpar a cidade. Um grande mutirão começará na Rua XV de Novembro, que será varrida e limpa, e será estendido por toda a cidade. Ruas, praças, parques e terrenos serão limpos, deixando a cidade mais bela e também ajudando a combater a dengue.

A cidade terá a volta da integração do transporte público e um controle maior sobre a qualidade dos serviços prestados. Curitiba não vai ter veículos quebrados ou sem capacidade de rodar, incapazes de subir uma ladeira, quando cheios.

De forma inédita, Curitiba vai ganhar um zelador municipal, que, em parceria com os moradores, será vigilante para manter os serviços de qualidade. O buraco na rua, a calçada esburacada, a falta da roçada, a lâmpada queimada, os bancos de praça quebrados e outros serviços que estavam abandonados terão de ser consertados e recuperados. Não há mais espaço para o desleixo.

Haverá dificuldades também, diante de um cenário negativo da economia e da herança que receberei do meu antecessor. Mas Curitiba é mais forte e voltará a crescer.

Os desafios são grandes. Mas o meu amor pela cidade é maior. O curitibano demonstrou que tem muita esperança no novo governo municipal. Acredita, como eu, que é possível voltar a ter uma prefeitura que traga a inovação e a qualidade como referências. Não haverá mais espaço para o abandono.

Caminhos da luz de uma Curitiba devolvida ao futuro. Tendência não é destino. Não devemos nos abater. Temos história suficiente para superar qualquer dificuldade. O próprio nome histórico da cidade – Vila da Luz dos Pinhais de Curitiba – nos inspira e nos obriga a fazer o melhor. E aí brilhará, ainda mais intensa, para todos os curitibanos.

Rafael Greca de Macedo, engenheiro urbanista, economista, escritor e poeta, membro da Academia Paranaense de Letras, é prefeito de Curitiba, com posse no dia 1º de janeiro de 2017.

(foto: facebook)

link artigo
http://www.gazetadopovo.com.br/opiniao/artigos/curitiba-mais-bela-mais-justa-e5k2v14qx4btpvkcwhnjz4w5c